BEM-ESTAR E AUTOESTIMA

BEM-ESTAR E AUTOESTIMA

A busca pela felicidade já virou tema de filmes, livros de autoajuda (ou não), peças de teatro e seriados de TV. No mundo contemporâneo, ser feliz parece tarefa impossível. Basta abrir os jornais para ver desgraças, problemas políticos e tragédias inexplicáveis que tiram o bom humor de qualquer pessoa. O problema é quando ficamos focados apenas nas coisas ruins e deixamos de apreciar o que há de melhor na vida: os bons momentos. Alimentar-se bem, praticar exercícios, arrumar um tempo para o lazer, ficar sem fazer nada de vez em quando, dormir até tarde no dia de folga ou passear com os amigos faz parte de uma rotina feliz.

O bem-estar de dentro para fora é importante para a saúde mental e física, além de ajudar a refletir positividade para as pessoas ao seu redor. Uma autoestima alta começa com a preocupação de cuidar de si mesmo e batalhar para alcançar os objetivos da melhor maneira possível. Quando achamos que não somos capazes, abrimos espaço para que outras pessoas questionem nossa capacidade.

O fato de conseguir reunir pessoas queridas, como familiares e amigos, deve ser motivo de felicidade. Valorizar os parentes e conservar os amigos é algo que se constrói a cada dia. Para isso, é preciso estar receptivo, ser capaz de olhar para o outro com mais benevolência e estar disposto a trocar experiências, palavras e gestos.

Trabalhar é tarefa da qual não se pode correr, mas ter momentos de lazer equilibra a vida e torna a rotina menos estressante. Se não gosta de ir ao cinema, alugue um filme em casa e deixe a mente viajar por duas horas que seja. Se dançar faz sua cabeça, procure um lugar bacana e uma companhia agradável e se deixe levar pela música. Ler, escrever, cantar, caminhar, pintar, costurar, pedalar, namorar… deixe esses verbos entrarem na sua vida para deixá-la mais prazerosa.

Cuidar de sua saúde e sua aparência física trará mais felicidade ao cotidiano. Só fique atento aos excessos para que eles não desencadeiem distúrbios alimentares e de imagem. Praticar atividade física regular libera hormônios, como a endorfina, que proporcionam prazer. Alimentar-se de forma balanceada ajuda o corpo a trabalhar melhor e de maneira mais eficaz. Claro que o choppinho e a batata-frita com os amigos também trazem alegria, mas reserve essas delícias para momentos especiais. O chocolate não precisa ser cortado, desde que seja saboreado em pequenas quantidades.

Por Dominik Bertoluci

Ritielle Dal Pizzol
Ritielle Dal Pizzol

Diretora Criativa - Dominator

Iniciar Conversa
1
Precisa de ajuda?
Olá!
Podemos te ajudar?